GÉNESIS SEBASTIÃO SALGADO

Curadoria de Lélia Wanick Salgado

Exposição

Introdução

“Génesis” é uma jornada em busca do planeta como ele existiu, desde a sua formação e na sua evolução, antes que a vida moderna se acelerasse e nos afastasse do núcleo essencial. É uma busca das paisagens terrestres e aquáticas até hoje intocadas; uma viagem em direcção aos animais e grupos humanos que conseguiram escapar das transformações impostas pelo mundo contemporâneo. “Génesis” comprova que o nosso planeta ainda abriga vastas e remotas regiões onde a natureza reina em imaculada e silenciosa majestade.

Estas maravilhas foram encontradas nos círculos polares e em florestas tropicais, em extensas savanas e nos tórridos desertos, em montanhas geladas e ilhas desertas, lugares às vezes excessivamente gélidos ou escaldantes, onde apenas as mais resistentes formas de vida perseveram. Outros recantos tornaram-se lar de animais ou de povos ancestrais cuja sobrevivência depende fundamentalmente do isolamento em que se mantêm. O conjunto forma um esplendoroso mosaico da natureza em toda a sua grandiosidade original.

É essa beleza oculta, defendida, protegida que “Génesis” deseja compartilhar. Fazemos um tributo a esse nosso frágil planeta que temos o dever de proteger.

Lélia Wanick Salgado
Curadora

Secções

Sul do Planeta

Conta a história da Antártida, das suas paisagens geladas e das suas zonas costeiras, com a sua perseverante fauna, pinguins, leões-marinhos e baleias, nomeadamente as fotografadas no seu território de reprodução, na península Valdés. Depois as ilhas Geórgia do Sul, as Malvinas, o arquipélago Diego Ramírez e as ilhas Sanduíche do Sul, onde numerosas espécies de pinguins, albatrozes, petreís gigantes e cormorões fazem a sua vida.

África

Oferece uma enorme variedade de paisagens, desde a vida selvagem do delta do Okavango, no Botswana, aos gorilas do Parque Nacional de Virunga na fronteira da República Democrática do Congo com o Ruanda, Congo e Uganda; dos povos Himba da Namíbia e das tribos Dinkas do Sudão, ao povo San do deserto do Kalahari no Botswana; das tribos do vale de Omo no sul da Etiópia, às antigas comunidades cristãs do norte da Etiópia.

A África desvela uma notável panóplia de desertos; as suas diferentes tonalidades, as suas texturas do arenoso ao rochoso; alguns, planos como oceanos, outros, interrompidos por montanhas áridas. Ainda assim, em algumas paisagens da Líbia e da Argélia, para além de cactos há também sinais de vida e arte rupestre datada de há milhares de anos.

Santuários

Traz-nos as inigualáveis paisagens vulcânicas e fauna das ilhas Galápagos e inclui as ancestrais populações da Nova Guiné e da Papua Ocidental, os Mentawai da ilha Siberut da província indonésia de Sumatra, assim como as paisagens, vida selvagem e vegetação dos diversos ecossistemas de Madagáscar.

Terras a Norte

Mostra as paisagens do Alasca e do planalto do Colorado, nos EUA, paisagens do Parque Nacional Kluane e vida selvagem na ilha Baffin, no Canadá. O norte da Rússia, incluindo o território de reprodução do urso polar na ilha de Wrangel, assim como as populações indígenas do norte da Sibéria e da península de Kamchatka.

Amazónia e Pantanal

O Amazonas e os seus afluentes, vistos do ar, assemelham-se a uma gigante árvore da vida, com braços e mãos estendidos do coração do Brasil até aos países vizinhos. A norte regista os Tepuis Venezuelanos, a mais antiga formação geológica do planeta, assim como a vida selvagem do Pantanal em Mato Grosso, no Brasil.

Há ainda imagens da tribo índia Zo’é, descoberta apenas há duas décadas, e das tribos mais assimiladas da bacia do Alto Xingu, também no Brasil.

Epílogo

Além de trazer aos olhos do público a beleza de povos isolados e paisagens grandiosas, “Génesis” representa uma convocatória para a batalha.

O facto é que não podemos continuar a poluir o nosso solo, a nossa água e o ar. Precisamos agir de imediato para preservar terras e águas ainda intocadas, e para proteger o ambiente-santuário de animais e povos ancestrais.

E devemos ir além. Devemos tentar reverter os danos.

A nossa modesta contribuição foi reflorestar um terreno na região sudeste do Brasil. Nos últimos 15 anos, o Instituto Terra – a nossa organização sem fins lucrativos - plantou cerca de dois milhões de árvores, de mais de 300 diferentes espécies que já floresceram por lá. O resultado: encostas esgotadas e áridas ganharam uma vegetação exuberante. O renascimento deste microclima tropical atraiu, por sua vez, pássaros e animais que não eram vistos naquela área há décadas.

A reflorestação é uma das maneiras de recuperar o tempo perdido e o prejuízo causado. As árvores ainda desempenham o papel central na neutralização das emissões de dióxido de carbono responsáveis pelas alterações climáticas, como o aquecimento global. Leis e governos podem tentar controlar estas emissões, mas somente as árvores conseguem absorver o dióxido de carbono e produzir oxigénio. Cada árvore plantada alivia um pouco as nossas preocupações quanto ao futuro do planeta.

Lélia Wanick Salgado e Sebastião Salgado


A exposição Génesis compreende uma pequena secção sobre o Instituto Terra
Para saber mais sobre esta instituição: www.institutoterra.org

GÉNESIS EM LISBOA APOIA O GRUPO LOBO

Parte das receitas de bilheteira reverterão para a causa “Não Deixe os Lobos sem Abrigo” do Grupo Lobo (Portugal).
O bilhete da exposição “Génesis” oferece-lhe 25% de desconto numa entrada individual no Centro de Recuperação do Lobo Ibérico.*
*Válido apenas para uma única visita até 31 de Dezembro de 2015. Esta oferta não é acumulável com outros descontos ou promoções. Marcações e informações crloboiberico@ciencias.ulisboa.pt
Para saber mais sobre o Grupo Lobo: http://lobo.fc.ul.pt

Sebastião Salgado

Sebastião Salgado nasceu em Minas Gerais, em 1944. Durante a ditadura militar no Brasil emigrou para Paris com Lélia Wanik Salgado, onde acabou por descobrir a sua verdadeira vocação, a fotografia. Nas suas viagens para África, enquanto trabalhava para a Organização Internacional de Café, começou a fotografar, sem intenções profissionais, com a máquina que Lélia havia adquirido para o seu curso de arquitectura, descobrindo assim a sua paixão pelo fotojornalismo.

Salgado desde cedo trabalhou para importantes agências de fotografia (Sygma, Gamma, Contact e Magnum) e viu o seu trabalho publicado em algumas das mais prestigiadas publicações mundiais. O seu primeiro livro, “Outras Américas”, foi editado em 1986. No mesmo ano, lançou “Sahel: Homem em Pânico”, sobre a seca no Norte de África. “Trabalhadores”, talvez a sua obra mais conhecida, é publicada em 1993. Em 1997 é a vez de “Terra”, sobre a luta dos sem-terra no Brasil. Em 2000, Salgado lança “Êxodos”, focando-se no fenómeno global das migrações. “África”, o seu continente de eleição, é o tema de uma publicação em 2007. De 2004 a 2012, Salgado viajou por 32 regiões remotas, e por vezes inóspitas, para criar o seu último trabalho, “Génesis”.

Hoje, Sebastião Salgado é embaixador da Boa Vontade da UNICEF e membro honorário da Academia de Artes e Ciências dos EUA. As suas obras fazem parte de colecções dos mais conhecidos museus, um pouco por todo o mundo. Em 1994 criou com Lélia Wanick Salgado a Amazonas Images, que se ocupa exclusivamente das suas fotografias.

Informações

Bilheteira

Normal 5€
Criança* (até aos 5 anos) Gratuito
Jovem* (dos 6 aos 18 anos) 3€
Sénior* (a partir dos 65 anos) 3€
Estudante* (dos 19 aos 25 anos) 3€
Desempregado* 3€
Família I (2 adultos,1 jovem) 12€
Família II (2 adultos,2 jovens) 14€
Grupos** (mín. 15 pessoas) 2,5€
Visita Guiada** Acresce por pessoa 1€

* Mediante apresentação de documento comprovativo e identificação.
** Mediante marcação prévia:

Local

Galeria Municipal Torreão Nascente
Cordoaria Nacional
Av. da Índia, 1300 Lisboa

Horários

Domingo a 5ª-feira, das 10h às 19h
6ª-feira e Sábado, das 10h às 21h
Aberta todos os feriados
Última entrada na exposição meia hora antes do fecho
A exposição estará aberta ao público até dia 2 de Agosto.

Transportes

Autocarros Carris: 201, 714, 727, 728, 732, 75, paragem Hospital Egas Moniz
Eléctricos Carris: 15E, paragem Hospital Egas Moniz
Comboios CP: Estação de Belém
Barcos Transtejo: Terminal fluvial de Belém

Estacionamento

- Estacionamento disponível junto ao edifício da Cordoaria Nacional, do lado oposto ao Torreão Nascente. Acesso pela Av. da Índia, sentido Alcântara/Belém.
- Estacionamento também disponível em frente ao Torreão Nascente com acesso pela Av. Brasília, sendo necessário subir e atravessar uma passagem pedonal para aceder à exposição.
Clique aqui para ver o Mapa

Condições Especiais para Parceiros

CML/EGEAC - 3€ mediante apresentação de comprovativo de que se é funcionário da CML ou EGEAC
CGD – 3€ mediante apresentação de Cartão de Crédito ou de Débito e BI/CC
CP – 3€ mediante a apresentação de bilhete de viagem de Longo-Curso, válido para os dois dias anteriores e posteriores ao dia da viagem e BI/CC; ou passe com comprovativo de compra na CP e e BI/CC
Toyota – 3€ mediante a apresentação de livrete e BI/CC

Acessibilidade

O espaço não dispõe de meios mecânicos para se aceder ao piso superior, nem WC para deficientes
Deficientes motores que não consigam aceder ao piso superior podem ver gratuitamente o piso inferior, que contém aproximadamente metade da exposição.

Visitas

Visitas de Grupo Livres

Visita à exposição para grupos com o mínimo de 15 pessoas, apenas por marcação. Esta visita não incluí visita guiada à exposição.

Veja os contactos para marcação no final da página.

No caso de grupos escolares, cada grupo de 10 ou 15 alunos deve ser acompanhado por um professor/monitor*, para o qual a entrada será gratuita;

  • 2ª a 6ª-feira das 10h às 18h e Sábados das 10h às 12h
  • Custo por participante – 2,5 €

*1º e 2º Ciclos: um professor por cada 10 alunos; A partir do 3º Ciclo: um professor por cada 15 alunos.

Visitas Guiadas

VISITAS GUIADAS COM HORÁRIO FIXO (SEM MARCAÇÃO)

  • 3ª a 6ª-feira das 17h às 18h (excepto feriados)
  • Domingos assinalados* das 10:15h às 11:15h
  • Valor Bilhete + 1€ visita guiada

*Domingos com Visitas Guiadas Fixas, sem marcação:
7 de Junho, 21 de Junho e 19 de Julho

VISITAS GUIADAS COM MARCAÇÃO:

Visitas guiadas à exposição para grupos com o mínimo de 15 pessoas e o máximo de 50.
Veja os contactos para marcação no final da página.

Visita Guiada Geral

  • 3ª a 6ª-feira às 10h15 e às 15h e Sábados às 10h15
  • Custo por participante – 3,5 € (2,5€ entrada + 1€ visita guiada)
  • Escolas - Custo por participante – 2,5 €

Cada grupo de 10 ou 15 alunos deve ser acompanhado por um professor/monitor*, para o qual a entrada será gratuita;
*1º e 2º Ciclos: um professor por cada 10 alunos; A partir do 3º Ciclo: um professor por cada 15 alunos.

Visita Guiada Jogo (6 -12 anos)

  • 3ª a 6ª-feira às 10h15 e às 15h
  • Custo por participante – 3,5 € (2,5€ entrada + 1€ visita guiada)
  • Escolas - Custo por participante – 2,5 €

Cada grupo de 10 ou 15 alunos deve ser acompanhado por um professor/monitor*, para o qual a entrada será gratuita.
*1º e 2º Ciclos: um professor por cada 10 alunos; A partir do 3º Ciclo: um professor por cada 15 alunos.

Programa sujeito a alterações

Ateliers

Disponíveis apenas por marcação. Veja os contactos no final da página.

Atelier “Grupo Lobo” (6 - 12 anos)

Teatro Marionetas + Actividades

  • Domingos assinalados* das 10h às 11h
  • Custo por participante – 3 €

*Domingos com Ateliers “Grupo Lobo”:
7 de Junho, 21 de Junho e 19 de Julho

Atelier “Mapa Mundi” (6 - 12 anos)

Propomos-te uma viagem pelas fotografias de Sebastião Salgado! E se nos perdemos? O melhor será construirmos um mapa a partir destas paisagens, pessoas e animais!

  • Domingos assinalados* das 10h30 às 12h
  • Custo por participante – 5 € (3€ entrada + 2€ atelier)

*Domingos com Ateliers “Mapa Mundi”:
17 de Maio, 14 de Junho e 12 de Julho

Atelier “Álbum da Natureza” (3 - 6 anos)

Vem conhecer o nosso planeta através da câmara de Sebastião Salgado e descobrir paisagens, pessoas e muitos animais diferentes! Juntos vamos “construí-los” e coleccioná-los num álbum dedicado à Natureza!

  • Domingos assinalados* das 10h30 às 12h
  • Custo por participante – 5 € (3€ entrada + 2€ atelier)
    - 2 € para menores de 5 anos (0€ entrada + 2€ Atelier)

*Domingos com Ateliers “Álbum da Natureza”:
28 de Junho e 26 de Julho

Programa sujeito a alterações

Contactos para marcações de grupos, visitas e ateliers:

Tel.:

Informação Técnica

GÉNESIS | AMAZONAS IMAGES

Curadoria e Cenografia / Curator And Designer
Lélia Wanick Salgado

Produção e edição / Editing and production
Françoise Piffard

Marcia Navarro Mariano

Assistente de campo / Field assistant
Jacques Barthelemy

Impressão das fotos / Printers
Valérie Hue
Olivier Jamin

Assistente gráfico / Graphic assistant
Bernard Dumas

Impressões feitas em papel / All works are digital prints made with paper
Ilford Galerie Prestige Gold Fibre Silk

Recebemos o apoio de / Amazonas received support from,
VALE, Susie Tompkins Buell, Christensen Fund, Wallace Global Fund, Companhia Siderúrgica do Tubarão, actual / actually ArcelorMittal Tubarão

Agradecemos ao Património Mundial da UNESCO pela valiosa colaboração / Amazonas wishes to thank UNESCO’s World Heritage Center for a most valuable collaboration

FICHA TÉCNICA | GÉNESIS EM LISBOA

Apresentação em Lisboa / presentation
Câmara Municipal de Lisboa, EGEAC e Terra Esplêndida

Organização e Direcção de Projecto / Organization and Project Coordination
Terra Esplêndida, Produção Cultural, Lda.

Em parceria com / in partnership with
Galerias Municipais, EGEAC

Câmara Municipal de Lisboa | EGEAC
Presidente / President CML: Fernando Medina
Vereadora da Cultura / Councillor for Culture CML: Catarina Vaz Pinto
Conselho de Administração / Board of Directors EGEAC:
Joana Gomes Cardoso, Lucinda Lopes
Director / Director Galerias Municipais: João Mourão
Equipa / Team Galerias Municipais: Ana Rodrigues, Flávia Violante, João Feteira, João Gerardo, José Narciso, Mário Bastos, Rita Durão, Susana Sena Lopes e Teresa Gouveia

Produção, Desenho Gráfico e Assessoria de Imprensa / Production, Collaborating Designer and Press Consultants
Terra Esplêndida, Produção Cultural, Lda.

Spot publicitário / TV SPOT
Videoteca Municipal de Lisboa
Voz / Voice: Cristina Valério, Casa da América Latina

Operador Logístico e Montagem Exposição / Logistics Operator & Installation Team
Feirexpo, SA, Portugal

Construção / Construction Team
Eurostand

Seguro / Insurance
Hiscox

Patrocinadores

PATROCÍNIO

APOIOS


CARRO OFICIAL

HOTEL OFICIAL

PARCEIROS DE MEDIA

PRODUÇÃO

Imprensa

Para obter a Nota de Imprensa ou fotografias da exposição, por favor contacte Joana Velhinho ou Rui Pereira: